Quem somos

LetrasPretas é um blog voltado à análise crítica de produções literárias, textuais e artísticas da autoria de mulheres negras, com ênfase em obras produzidas por autoras independentes brasileiras. Se o nome soa como um trava-língua, isso não acontece por acaso: trata-se de uma metáfora para as inúmeras dificuldades enfrentadas por mulheres negras, tanto para produzir quanto para publicar e divulgar seus trabalhos, em uma sociedade na qual o racismo e o sexismo ainda se fazem presentes como forças opressoras.

LetrasPretas é vinculado ao projeto Leituras Críticas de Autoras Negras Contemporâneas (Proiniciar/Caiac-Uerj). Atualmente, contamos com duas bolsas acadêmicas subsidiadas pela UERJ (Iniciação à Docência e Estágio Interno Complementar) e com o apoio da escritora Jarid Arraes, criadora do design do blog, que nos oferece também a hospedagem.

Mulheres negras interessadas em enviar seus trabalhos devem entrar em contato pelo email contato.letraspretas@gmail.com.


sm002Henrique Marques Samyn, idealizador e coordenador de LetrasPretas, é professor do Instituto de Letras da Universidade do Estado Rio de Janeiro (UERJ). Negro, foi criado no bairro da Praça Seca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Doutor em Literatura Comparada, tendo concluído estágio pós-doutoral, é bacharel em Letras; bacharel em Filosofia; mestre em Psicologia Social; e mestre em Filosofia Moderna e Contemporânea. Atua como crítico literário desde 2004, tendo colaborado em diversos jornais e periódicos.

photo_2017-08-29_22-53-22

Maria Verônica da Silva, coordenadora de LetrasPretas, é graduanda em Letras (habilitação Espanhol) pela Universidade do Estado Rio de Janeiro (UERJ). Feminista negra, vive na cidade de Itaboraí, região metropolitana do Rio de Janeiro.

photo_2017-09-02_12-00-43Larissa Ferreira de Souza França, coordenadora de LetrasPretas, é estudante de Letras da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Foi criada em Santa Cruz, Zona Oeste do Rio de Janeiro, onde vive até hoje e atua como educadora popular em algumas escolas da comunidade. Como ativista negra, constrói sua militância e luta através de ações e coletivos que atuam exclusivamente na Zona Oeste.

foto_Jacque

Jacqueline dos Santos Fernandes, colaboradora de LetrasPretas, é servidora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Feminista negra, foi criada no bairro de Irajá, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Formou-se em Letras pela UERJ.

CYMERA_20180128_182542[1]

Amanda Regina dos Santos Lourenço, colaboradora do LetrasPretas, é bacharel em Letras e  mestranda em Literatura Portuguesa pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Feminista negra, foi criada no bairro de Santa Teresa, mas adotou o subúrbio carioca como novo lar.

imagem_yasmin_letraspretas

Yasmin Cibelle Soares da Silva Alves, colaboradora do LetrasPretas, é graduada em Letras e mestranda em Língua Portuguesa pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Carioca da gema, feminista negra, foi criada na Praça Seca e em Irajá. Admiradora da literatura e apreciadora da literatura brasileira contemporânea.

1517965413705

Patrícia Scarlett de Macedo Isidorio, colaboradora do Letras Pretas, é graduanda em Letras pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Feminista negra, criada na Baixada Fluminense, hoje vive na Zona Norte do Rio de Janeiro.

IMG_20180410_234011_216

Raphaella Cristina de Souza, colaboradora do LetrasPretas, é graduada em Letras pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), cria da Cidade de Deus, atualmente mora na Zona Norte do Rio de Janeiro, amante da Literatura e poetisa amadora.

photo_2018-10-28_00-08-46

Cinthia Hellen Martiniano Teixeira, graduanda em Letras pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Feminista negra, moradora da Baixada, costuma usar os livros como transporte alternativo.

pic

Jacqueline Oliveira Mendes, colaboradora do LetrasPretas, é estudante de Letras – Português/Literaturas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Foi criada na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Apaixonada por literatura, faz dela seu refúgio diário.

 

 

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑