Memórias de Carolina

Carolina Maria de Jesus. Diário de Bitita. Nova Fronteira, 1986. “Minha mãe ficou com dois filhos para manter. Minha mãe disse que bebeu inúmeros remédios para abortar-me, e não conseguiu. Por fim desistiu, e resolveu criar-me. […] talvez seria melhor não existir. Porque eu já estava compreendendo que o mundo não é a pétala de... Continuar Lendo →

Sem perder a raiz (III)

A segunda e a terceira parte do livro de Nilma Lino Gomes apresentam ao leitor as entrevistas feitas com clientes e funcionários dos quatro salões étnicos que foram campo de pesquisa da autora na virada do século XX para o XXI, dedicando-se ainda a um maior aprofundamento teórico que visa discutir os conflitos do negro... Continuar Lendo →

Sem perder a raiz (II)

Em Sem perder a raiz: corpo e cabelo como símbolos da identidade negra, Nilma Lino Gomes leva em consideração o modo como o cabelo e a cor da pele representam importantes fatores constituintes da subjetividade de um sujeito, fazendo uma relação disso com a própria formação da sociedade brasileira e os conflitos de uma cultura... Continuar Lendo →

Sem perder a raiz (I)

Nilma Lino Gomes. Sem perder a raiz: corpo e cabelo como símbolos da identidade negra. Autêntica Editora, 2019. A primeira edição de Sem perder a raiz: corpo e cabelo como símbolos da identidade negra, publicada em 2006, não tardou a se tornar uma referência incontornável, pela inovadora maneira como analisava a importância do corpo e... Continuar Lendo →

O Teatro Negro de Cidinha da Silva

Cidinha da Silva. O Teatro Negro de Cidinha da Silva. Aquilombô, 2019. Cidinha da Silva é uma escritora que observa a atualidade. Em seus escritos encontramos o samba, o carnaval, a Mangueira, as nossas dores, as nossas alegrias – o nosso cotidiano. Cidinha da Silva é uma mulher plural, e essa característica se reflete na... Continuar Lendo →

Vozes da resistência (II)

Priscilla Mina (Org.). Vozes da resistência. Conexão 7, 2020. No texto de hoje, continuo a tratar de Vozes da resistência, livro que reúne apenas escritoras negras, organizado pela editora Priscilla Mina e publicado pela Conexão 7. Na semana passada, abordei quatro das dezoito narrativas publicadas no livro, que abordam o racismo no ambiente escolar e... Continuar Lendo →

Vozes da resistência (I)

Priscilla Mina (Org.). Vozes da resistência. Conexão 7, 2020. Vozes da resistência, organizado pela editora Priscilla Mina e publicado pela Conexão 7 – empresa composta por Priscilla e seus dois irmãos que tem, entre seus propósitos, atender às demandas do povo negro – é o segundo volume do Projeto Identidade. Como o primeiro volume do... Continuar Lendo →

O afrofuturismo e a Sankofia de Lu Ain-Zaila

Lu Ain-Zaila. Sankofia: breves histórias sobre afrofuturismo. Edição da autora, 2018. Após iniciar a minha leitura dos contos de Lu Ain-Zaila, fiquei imaginando como seriam os filmes de ficção científica caso introduzissem a cultura de matrizes africanas. Será que Blade Runner teria alcançado tanto sucesso, se no papel principal tivesse uma atriz negra? E se... Continuar Lendo →

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑