LetrasPretas, 2020-2021: pesquisando e divulgando obras de mulheres negras em meio à pandemia

O LetrasPretas inicia hoje suas atividades no ano de 2021 – quando ainda enfrentamos, infelizmente, os efeitos da pandemia de Covid-19 que, no contexto brasileiro, são ampliados pelas condutas irresponsáveis de autoridades governamentais cujos impactos sobre a população negra intensificam as consequências de um cenário já marcado historicamente pelo racismo.

Quando de sua formação, em 2017, o LetrasPretas atuava, principalmente, a partir de duas vertentes: este blog, no qual publicamos semanalmente resenhas e ensaios tendo como principal objetivo a divulgação de obras literárias e culturais de mulheres negras, bem como relatos de vivências assinados por mulheres negras convidadas; e as atividades presenciais – rodas de leitura, debates, palestras, oficinas e cursos de extensão oferecidos na UERJ ou em outras instituições, mediante convites. Essas atividades propiciaram o reconhecimento do nosso projeto, que pudemos perceber tanto pelo volume de visitas aos posts do blog e pela afluência a nossos eventos quanto pelo convite para a produção do programa de Rádio LetrasPretas, pela Rádio UERJ, assim como pelos prêmios que o projeto recebeu, oferecidos pela UERJ.

Contudo, a pandemia de covid-19 nos afetou profundamente e de muitas formas. Para além da suspensão forçosa de todas as atividades presenciais, não pudemos dar prosseguimento às gravações do programa de rádio LetrasPretas, realizadas nos estúdios do CTE-UERJ; além disso, nossas integrantes – estudantes negras da UERJ, majoritariamente cotistas – sofreram intensamente os efeitos da pandemia, inclusive no âmbito psicológico e emocional. Em decorrência disso, o ano de 2020 suscitou inúmeras dificuldades, que procuramos contornar de diversas maneiras, oferecendo caminhos para o enfrentamento do racismo e do sexismo no Brasil. Contornando todas as dificuldades, mantivemos a publicação semanal dos textos no blog; por outro lado, a fim de compensar a impossibilidade de realização de atividades presenciais, recorremos a lives e cursos realizados através da internet, abertos ao público em geral.

Chegamos a 2021 cientes de que enfrentaremos mais um ano difícil, mas nos motiva a disposição para continuar nossa luta em favor de uma sociedade mais justa. Manteremos as publicações no blog, em periodicidade quinzenal; e intensificaremos nossas atividades na internet, oferecendo mensalmente lives, palestras e cursos de extensão – seja para o público em geral, seja a convite de outras instituições. Reafirmamos, às nossas leitoras e aos nossos leitores, nosso inabalável compromisso em favor do estudo e da divulgação da produção intelectual e cultural de mulheres negras. Seguimos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: