E eu não sou uma mulher?

bell hooks. E eu não sou uma mulher? Mulheres negras e feminismo. Rio de Janeiro: Rosa dos Tempos, 2019. bell hooks é uma emblemática intelectual negra estadunidense, autora de diversas obras, ativista social e educadora. Seu nome de batismo é Gloria Jean Watkins, sendo o nome pelo qual é conhecida uma homenagem à sua vó,... Continuar Lendo →

O Feminismo, por Chimamanda

Chimamanda Ngozi Adichie. Sejamos todos feministas. São Paulo: Companhia das Letras, 2015. Sejamos todos feministas é um ensaio que surgiu a partir da adaptação de uma palestra ministrada em 2012 por Chimamanda Ngozi Adichie – escritora nigeriana, autora dos romances Meio sol amarelo (2008), Hibisco roxo (2011) e Americanah (2014). Sejamos todos feministas é uma... Continuar Lendo →

Djamila e a(s) voz(es) da resistência

Djamila Ribeiro. Quem tem medo do Feminismo Negro?. São Paulo/SP: Companhia das Letras, 2018. Em seu primeiro livro lançado pela editora Companhia das Letras, a filósofa e feminista Djamila Ribeiro reuniu artigos publicados no blog da Carta Capital entre os anos de 2014 e 2017, trazendo profundas reflexões sobre questões raciais associadas ao feminismo. Djamila ... Continuar Lendo →

Fazer da vida uma luta

Angela Davis. Mulheres, cultura e política. Tradução de Heci Regina Candiani. São Paulo: Boitempo, 2017. “Lifting as we climb” (“Erguendo-nos enquanto subimos”) – lema da Associação Nacional das Agremiações de Mulheres de Cor, no ano 1886 – é a frase repetida por Angela Davis ao longo do primeiro capítulo da obra Mulheres, Cultura e Política,... Continuar Lendo →

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑